Blog

Análise de um caso típico de divórcio no Brasil

Post By: on fev 10, 2014 Tags: , ,

shutterstock_126278489
Em um caso típico de divórcio no Brasil existem alguns elementos essenciais para que os advogados possam avaliar o tempo e os custos envolvidos. Normalmente, ao enviar um caso de divórcio para a plataforma apoioprofissional.com.br, sugerimos que você indique pelo menos os seguintes elementos: regime de bens do casamento (comunhão universal, comunhão parcial, separação convencional ou obrigatória, participação final nos aquestos), existência de filhos (aspecto de primordial importância se existirem filhos menores), existência de imóveis, participações em sociedades, etc. Outras informações relevantes também poderão ser partilhadas.

Os advogados inscritos na plataforma que atuem com o Direito de Família irão analisar seu caso e enviar propostas para a resolução. Estas propostas não obedecem a um critério rígido e, neste exemplo, poderá ocorrer o seguinte:

  1. O advogado “A” envia um orçamento para analisar seu caso e representá-lo perante o Poder Judiciário, pelo valor de R$ 1,000.
  2. O advogado “B” envia uma proposta para tratar do seu caso e para representá-lo em tribunal as vezes que forem necessárias até à conclusão do processo e propõe um valor de R$ 2,500.
  3. O advogado “C” acha seu caso confuso e não tem dados suficientes para avaliar os custos futuros de um processo judicial e, antes de avançar, sugere uma hora de consulta por R$ 100 a fim de discutir os detalhes relevantes de seu caso.

Neste caso o cliente não tem três propostas uniformes visto que cada uma inclui serviços distintos. Contudo o usuário terá um canal de comunicação aberto com estes três profissionais e poderá discutir e negociar com eles a forma de colaboração que considere mais adequada, sem qualquer compromisso.

Os advogados inscritos no site têm assim a possibilidade de contatar diretamente clientes que necessitam de seus serviços e que, muito provavelmente, nunca iriam conhecer de outra forma. Todos os contatos posteriores têm lugar diretamente entre advogado e usuário, sem intervenção da plataforma.



Os comentários estão desativados.

FALE CONOSCO AGORA!